Café arábica chega a 100 pontos na Bolsa de Nova York

Atualizado: 14 de set. de 2018


Na manhã do dia 7 de setembro os contratos do café arábica na Bolsa de Nova York (ICE Futures Group) operaram com ligeiras altas de 120 a 125 pontos nos principais vencimentos.


Por volta das 9h41 (horário de Brasília), o contrato Dezembro/18 era negociado a 103,45 cents/lb. O contrato Março/19, com alta de 125 pontos, a 106,75 cents/lb. Para Maio/19, alta de 125 pontos, a 109,15 cents/lb e julho/19, com alta de 120 pontos, a 111,50 cents/lb.


A Organização Internacional do Café (OIC) reportou que as exportações globais em julho tiveram um leve salto de 4,6% em comparação com o mesmo período do ano passado, totalizando 10,11 milhões de sacas de 60 kg. As exportações de arábica no período ficaram em 6,12 milhões de sacas, com alta de 4,6%.


A colheita na área da Cooxupé (Cooperativa Regional de Cafeicultores em Guaxupé, município do sul de Minas) atingiu 91,84% até o dia 31 de agosto. Os trabalhos na área de abrangência da maior cooperativa de café do mundo avançaram pouco mais de dois pontos percentuais de uma semana para a outra.


No Brasil, no último fechamento, O tipo 6 duro anotou maior valor de negociação em Vitória (ES), com saca a R$ 435,00 – estável. A maior oscilação no dia foi registrada em Poços de Caldas (MG), com queda de 1,42% e saca a R$ 417,00.


Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário