Belo Horizonte: na rota dos apaixonados por café

CAPITAL MINEIRA SE DESTACA COMO DESTINO PARA QUEM BUSCA CAFETERIAS DIFERENCIADAS

Conhecida por seus botecos e restaurantes de comida mineira, Belo Horizonte tem outra parada obrigatória em sua rota turística: as cafeterias. A capital do maior estado produtor de café do país – Minas Gerais é responsável por mais de 50% da produção nacional – não poderia ficar de fora da paixão pelo café. A cidade atrai cada vez mais os fãs da bebida, principalmente aqueles que procuram experiências diferenciadas e cafés de maior qualidade. O resultado é uma boa diversidade de locais qualificados nesse serviço.


Algumas cafeterias tradicionais fecharam suas portas, enquanto outras se mantêm firmes. Em contrapartida, houve um aumento significativo de novos espaços e novas modalidades nos últimos seis meses. Inaugurada em 2011 como espaço de treinamento e cursos, a Academia do Café é uma das pioneiras do movimento de cafeterias especializadas em BH.


Júlia Fortini, uma das fundadoras, lembra que há 10 anos as pessoas não tinham muito conhecimento e acesso a cafés de qualidade. Nesse contexto, a própria cafeteria atua como uma escola para os clientes. “Sempre temos a preocupação de conversar e mostrar os métodos e os perfis sensoriais de cada café, as diferenças entre os filtrados, as bebidas à base de espresso e o espresso de verdade”, conta.


INFORMAÇÕES E EXPERIÊNCIAS

Douglas Chaves e Daniele Costa, sócios da cafeteria Slow Coffee, também concordam com a importância das cafeterias como propulsoras de informação sobre o café: “o apreciador de café quer experimentar um bom café e obter conhecimento técnico sobre a bebida. Essa experiência, só as cafeterias podem proporcionar com cafés variados e de qualidade.” Assim como outros proprietários de cafeteria, o casal é defensor do café especial, um tipo certificado e selecionado rigorosamente, desde o plantio até a torrefação.


No processo de avaliação, são analisados critérios como aroma, sabor, acidez e ausência de defeitos, resultando em uma bebida superior para o consumidor final. Segundo Douglas, “às vezes o cliente toma café comercial a vida toda, mas, quando ele experimenta o café especial na cafeteria, o paladar muda e é um caminho sem volta”.


Um dos fatores determinantes para um café saboroso na xícara é o frescor e a qualidade da torra. Pensando nisso, muitos empreendedores investem em torrefações próprias. É o caso de Luis Borba, da Yes Nós Temos Café. Além do cuidado de escolher bons produtores, ele leva em conta os gostos do público na cafeteria para desenvolver as curvas de torra. “Cada café exige atenção e tem características específicas, então fico atento às percepções do cliente para aprimorar a torra”, acrescenta. A venda de pacotes de cafés também é um diferencial. Assim, o cliente pode experimentar diferentes sabores na cafeteria e levar para casa o seu grão preferido.


AMBIENTE

Além de uma bebida de qualidade, o ambiente também conta muito. Espaços aconchegantes e bem decorados convidam o cliente a apreciar o café sem pressa. A arquiteta Isabella Lumi tem o hábito de conhecer semanalmente novos cafés. “O meu lazer preferido é ir a cafeterias. Hoje, temos uma grande diversidade de opções em Belo Horizonte, onde encontro ambientes calmos para ler um livro e aproveitar o dia, além de experimentar comidas e cafés diferentes”, conta.


Foi pensando nessa experiência única que as irmãs Adriana e Fernanda Cardoso abriram a Sterna Café em 2013. Segundo Adriana, ir à cafeteria é diferente de beber café em casa: “não é só tomar o café. É estar no ambiente em que você entra e sente o cheirinho do grão moído na hora, o atendente filtra seu café e você aprecia uma bebida saborosa. Isso tudo influencia na sensação de bem-estar.”


Na capital mineira, o que não falta é lugar para vivenciar esse momento tão especial. Após mais de uma década no mercado com a Academia do Café, Júlia vê com bons olhos o crescimento do interesse do belo-horizontino e de visitantes pelas cafeterias. “Hoje, o cliente já chega querendo provar um café ou método diferente, é muito gostoso ver essa evolução do mercado e poder proporcionar essa experiência”, observa. Assim sendo, se você é de BH ou se estiver passando alguns dias pela capital, já reserve pelo menos um dia

para visitar alguns dos espaços que indicaremos abaixo. Bons cafés!