Exportadora aposta em safra de café recorde para 2020/2021

A exportadora e corretora de café Comexim, acredita em uma safra recorde para a produção 2020/2021. Estima-se que, neste ano, o Brasil produzirá 67,7 milhões de sacas de 60 kg, contra os 56,8 milhões de 2019.

Apesar da projeção, a exportadora acredita que as ideias iniciais de uma colheita superior a 70 milhões de sacas não irão se concretizar. Segundo a cooperativa, a chegada tardia das chuvas, bem como as altas temperaturas e as chuvas abaixo da média durante outubro e novembro, reduziram a colheita esperada.

O Brasil começará a colher a sua nova safra de café por volta de abril ou maio, dependendo da região, e os lotes prontos para embarque estarão disponíveis a partir de junho ou julho.