Empresa investe em armazém de cafés na região das Matas de Minas

Atualizado: 5 de nov. de 2018


A Louis Dreyfus Company (LDC), uma das cinco maiores comercializadoras de café do país, acaba de iniciar a operação do novo armazém para recebimento do grão, na cidade de Matipó (MG), na região das Matas de Minas.


Essa é a terceira unidade no Brasil e foi criada por conta do crescimento dos volumes de café recebidos pela empresa. Segundo o jornal Valor Econômico, o investimento da LDC na estrutura de armazenagem foi de US$ 15 milhões. A empresa irá beneficiar e certificar o café que fornece aos clientes.


O armazém de Matipó tem capacidade estática para 500 mil sacas de café. As outras duas unidades estão na Nova Venécia, no norte do Espírito Santo, e em Varginha, no sul de Minas. Segundo Marcelo Pedro, diretor executivo de café da LDC, o café conilon foi vendido para clientes do mercado doméstico e o arábica é destinado metade ao exterior e metade ao mercado interno.


A LDC exporta café brasileiro para as marcas Nestlé, Lavazza, JDE, Starbucks e importadores chineses. No mercado doméstico, entre os grandes clientes estão as empresas 3corações, JDE, Nestlé e indústrias de café solúvel.


Marcelo é otimista em relação à nova safra de café conilon, já que boa parte da florada já aconteceu nas regiões produtoras. “Se o clima continuar como está, a nova safra deve ser boa”.

Fonte: Portal CaféPoint e jornal Valor Econômico.