África produz mais de 10% da safra mundial de café


A produção de café na África no ano-cafeeiro 2018-2019 foi estimada em 17,74 milhões de sacas de 60kg, volume que representa um aumento de 1,4% em relação ao mesmo período anterior. O Continente Africano possui mais de dez países produtores de café, sendo os cinco maiores a Etiópia, com 7,5 milhões de sacas, que correspondem a 42% do total produzido; seguido de Uganda (4,9 milhões de sacas - 28%); em terceiro Costa do Marfim (1,6 milhões de sacas – 9%); na quarta posição Tanzânia (825 mil sacas – 5%); e, em quinto, Quênia (795 mil sacas – 4%).


A safra prevista da África, de 17,74 milhões de sacas, representa um crescimento em torno de 13% em relação à safra de 2015-2016. Tal desempenho pode ser atribuído principalmente ao crescimento nos três maiores países produtores desse continente. Na Etiópia houve incremento de aproximadamente 12%, na Uganda de 34%, e na Costa do Marfim de 24%.


Os dados e números que permitiram realizar essa análise foram obtidos na página Estatísticas do Comércio e Relatório sobre o mercado de Café em março 2019, ambos da Organização Internacional do Café (OIC). Tal Relatório está também disponível para consulta na íntegra no Observatório do Café do Consórcio Pesquisa Café, coordenado pela Embrapa Café.


Fonte: Consórcio Pesquisa Café.